As Estratégias Das Marcas Para Infiltrar Propaganda Nas Escolas Brasileiras


4 Dicas Pra Fazer Venda Adicional


Espelho, espelho meu, essa cerveja vai me engordar muito? Atenção, atenção: hoje eu vou responder à pergunta de um milhão de dólares! Desde que comecei esse blog, um dos comentários que mais recebo, principlamente das mulheres, é o clássico “eu bem como gosto cerveja, pena que engorda em tão alto grau, né? Acho engraçado como há tempos transformamos a nossa bebida favorita em vilã-engordativa. Se cerveja deve ser encarada como um alimento cada - com suas calorias, porém assim como com suas propriedades nutritivas - será que não há um jeito de consumirmos a loirinha sem sofrer em tão alto grau peso pela consciência?


Por fim, se cerveja é “comida”, ela necessita caber na nossa dieta diária - e sem fazer subir o ponteiro da balança. Conversei com a nutricionista Bianca Naves, a profissional que orienta os participantes do quadro Além do Peso, do Programa da Tarde, por aqui pela Record, em pesquisa desta fórmula mágica.


E é claro que há um jeito de beber cerveja sem ganhar peso, minha gente. De acordo com a nutri (fiquei íntima!), o segredo está no equilíbrio da alimentação. E isso NÃO isto é pular refeições para poder tomar cerveja, hein? Isto é que você podes maneirar no consumo de alimentos calóricos no dia em que domina que vai provar aquela gelada.


Vamos entender tudo pela entrevista? Bia Cioffi: É possível ingerir cerveja sem engordar? Bianca Naves: Sim, é possível incluir a cerveja no dia alimentar de alguém saudável, sem que ela ganhe peso. Estipulando as quantidades certas e com equilíbrio na ingestão alimentar do resto do dia, é possível liberar o consumo de cerveja, moderadamente, ocasionalmente. Bia: De qual forma a cerveja poderá ser inserida no cardápio desta pessoa? Bianca: Primeiramente, deve-se ressaltar que o consumo de cerveja não deve ser porquê pra omissão de refeições.


  • 1 - Crie um lugar de serviço

  • Promova um post com desapegos

  • Revistas especializadas

  • Marjorie Fonseca (discussão) 18h55min de onze de agosto de 2009 (UTC)

  • Cupom de R$ 250,00 pra divulgar no Buscapé

  • Jorge Bassalo zoom_out_map

  • Comprar um domínio considerável ao teu foco

  • Cena do Dia



Porém, necessita-se sim fazer um ajuste e balancear os alimentos e calorias consumidos no dia pra poder ingerir a bebida. ] fornecerá o nutriente. Bia: Existe um limite de consumo pra que a cerveja não prejudique a sensacional forma? Bianca: Como já foi dito anteriormente, a base para a manutenção do peso é o equilíbrio durante o dia. Havendo esse equilíbrio nas porções e quantidades dos diversos grupos alimentares, de acordo com as necessidades de cada um, tudo fica controlado. Contudo, é muito significativo ressaltar que o consumo de bebidas alcoólicas deve ser moderado, sendo restrito a 2 doses diárias para homens e 1 dose pras mulheres.


Em doses adequadas, a cerveja pode cooperar pro alcance das necessidades energéticas diárias. O perfeito é impedir exageros de qualquer natureza, a toda a hora! Bia: A cerveja traz benefícios para a alimentação? Bianca: Sim, a cerveja é boa referência de carboidratos, fornecendo energia, além de vitaminas, minerais e antioxidantes. ] merece destaque, como este de magnésio e potássio, relevantes pra contração muscular e manutenção da saúde óssea. A bebida assim como fornece compostos fenólicos, antioxidantes que auxiliam na saúde cardiovascular e no envelhecimento smartphone. Bia: E para as pessoas que está tentando perder gordura, é possível manter a cerveja no cardápio vez ou outra? Bianca: Sim, é possível.


Deve-se acompanhar a mesma ideia de quem não deseja perder peso, mantendo o equilíbrio ao longo do dia. Por esse caso, mas, a quantidade de calorias diárias é pequeno, como este as quantidades de alimentos. Desta maneira, pode-se encaixar a cerveja por ventura no dia alimentar, contudo o cuidado deve ser maior. Para fechar a entrevista, Bianca Naves lembrou que - apesar dos pontos apresentados - a cerveja não deixa de ser uma bebida alcoólica e precisa ser consumida com moderação a toda a hora, mesmo por indivíduos que não se preocupam com peso. Equilíbrio é a chave do sucesso, pessoal.


Vamos consumir com moderação, inteligência e sem neuras daqui para a frente? Não é pra ingerir tudo de uma vez, né, gente? Beijo e até amanhã! PS: Algo interessante que a nutri Bianca conversou e eu ainda não tinha abordado nesse lugar: necessitamos relembrar que a cerveja, como esta de qualquer bebida alcoólica, tem contraindicações. Não é indicada, tendo como exemplo, destinado a pessoas com dificuldades gastrointestinais, hepatopatias, pressão alta, diabetes e doenças psiquiátricas. Saúde em primeiro lugar.


Essa pessoa começava a me visitar. Eu guardava o link dela. E olha que, na época, eu blogava em lanhouse. Isto se chama cordialidade, e a internet é uma vasto rede de interação social, lembra? Mas olha: leia mesmo o site da pessoa. E para quem quer ter um website literário (único ramo no qual sou “experiente”), eu só tenho uma dica (e também “seja original”, claro): não faça parcerias com editoras só visto que você quer receber livros e construir uma biblioteca.


Proponha parcerias no caso de você neste instante ter uma biblioteca. Será que você vai se constatar à vontade? E se o livro não for bacana pelo fácil evento de não ser o seu tipo de leitura? Você vai digitar uma resenha detonando a obra elogiada por público e crítica? É claro que a avaliação será sempre tua, independente de fatores externos, no entanto a resenha depende sempre do amadurecimento de quem a escreve. Infelizmente, tem muito bloguete por aí firmando parceria a torto e a direito só pra “ganhar livros”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *